Segunda-feira, 12 de Maio de 2008
Numa noite,...

 

 

 

 

No silêncio

Daquela noite

Fria de Dezembro

Onde o frio

O vento

Existiam

Meu corpo gelado

Tremendo de frio

Encontraram calor

Em teu corpo quente

Naquele momento

Senti, que na verdade

Te amo,

Que tu me amas

Senti, que nos amamos

Olho para ti

E num olhar terno,

Simples

Sente-se teu coração

Palpitar e

Através dele

Adivinhar

Que amar de verdade

Apenas é fácil

Se, se deixar

O coração falar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"O sorriso é a expressão dos lábios,

quando os olhos vêem aquele

que  o coração ama."



publicado por Fugitivo às 20:43
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Subjectividades a 16 de Maio de 2008 às 16:57
Que continues pois a sorrir!!

Um abraço e Bom fim de semana


De Kelinha a 27 de Maio de 2008 às 20:34
Pois se calhar o meu problema é nunca deixar falar o coração...
Ás vezes o sofrimento entra em nós e faz-nos recuar impedindo-nos de voltar a viver um amor...
Gostava de descobrir um dia o q é o amor...
Vou acompanhar as tuas palavras fugitivo, pelo menos junto delas sou feliz :)
Beijo


De Fugitivo a 27 de Maio de 2008 às 20:45
Somente quem passa pelo gelo da dor chega à inocência do amor.
Se fosse fácil não valia a pena.


Comentar post

Estou vivo
posts recentes

...

Preciso amar e ser amado

A Sombra

Olhos nos olhos

Ilusão

arquivos

Setembro 2013

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30


subscrever feeds