Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008
A Sombra

 

 

 

 

 

Minha sombra vaga
Ignorando olhares,
Sentindo-te e procurando-te,
Em todos os lugares.

 

Sem medo da escuridão,
Com a certeza de que tu existes,
Movido pela paixão,
No silêncio, me invadistes.

 

Pode ser somente capricho,
Que um dia se extinguirá,
Mas enquanto durar,
Hei de te amar.

 

 

 

"Como podemos nós pretender que os outros guardem os nossos segredos se nós próprios os não conseguirmos guardar?"



publicado por Fugitivo às 19:40
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Estou vivo
posts recentes

...

Preciso amar e ser amado

A Sombra

Olhos nos olhos

Ilusão

arquivos

Setembro 2013

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30


subscrever feeds